O programa destina-se a entidades promotoras e a jovens voluntários

Abertas candidaturas a voluntariado jovem para natureza e florestas

05-04-2018
Abertas candidaturas a voluntariado jovem para natureza e florestas
Estão abertas candidaturas para “Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas”, novo programa que vem promover práticas de voluntariado juvenil no âmbito da preservação da natureza, florestas e respetivos ecossistemas. As inscrições abriram, numa primeira fase, para as entidades promotoras. A segunda fase de candidaturas destina-se a jovens com idade compreendida entre os 18 e 30 anos. Informe-se aqui.

O “Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas” trata-se de um programa da responsabilidade do Instituto Português do Desporto e Juventude. Visa, de acordo com essa instância, «promover práticas de voluntariado juvenil no âmbito da preservação da natureza, florestas e respetivos ecossistemas, através da sensibilização das populações em geral, bem como da preservação contra os incêndios florestais e outras catástrofes com impacto ambiental, da monitorização e recuperação de territórios afetados.»

 

Encontra-se, no presente momento, a decorrer a fase de candidaturas para entidades promotoras. De acordo com o IPDJ, são elegíveis entidades constantes do Registo Nacional das Organizações Não Governamentais de Ambiente e Equiparadas; entidades constantes do Registo das Organizações de Produtores Florestais; associações de jovens inscritas no Registo Nacional do Associativismo Jovem; câmaras municipais; juntas de freguesia; estabelecimentos com ensino secundário e de ensino superior. São ainda elegíveis «outras entidades que prossigam objetivos abrangidos pela área de intervenção deste programa, mediante despacho autorizador do Conselho Diretivo do Instituto Português do Desporto e Juventude».

 

As atividades a desenvolver, no âmbito do programa, são as seguintes: sensibilização das populações para a preservação da natureza, florestas e respetivos ecossistemas; inventariação, sinalização e manutenção de caminhos florestais e acessos a pontos de água; inventariação e monitorização de espécies animais e vegetais em risco, bem como das áreas florestais ardidas; inventariação de áreas necessitadas de limpeza; recuperação de caminhos de pé-posto; limpeza e manutenção de parques de lazer; vigilância móvel, a pé ou em bicicleta; vigilância fixa nos postos de vigia; apoio logístico aos centros de recuperação de animais selvagens, bem como aos centros de prevenção e deteção de incêndios florestais; atividades de reflorestação e de controlo de espécies invasoras, entre outras.

 

A segunda fase de candidaturas, decorrente da primeira, destina-se a jovens com idade compreendida entre os 18 e 30 anos.

 

As entidades promotoras podem apresentar candidaturas até ao início de setembro de 2018, ao passo que os jovens inscrevem-se até 10 dias antes do início do projeto.

 

Para mais informações sobre a apresentação de projetos para entidades promotoras e inscrições de jovens voluntários/as, aceda aqui.
Fonte: SCRP | CMC



  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2018 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.