Num dia histórico para a Educação e para o Concelho

Presidente da República inaugurou novo edifício escolar do Cadaval

16-05-2008
Presidente da República inaugurou novo edifício escolar do Cadaval
«Ficará o dia 15 de Maio de 2008 assinalado como um dia ímpar na história do Concelho do Cadaval», assim iniciava Aristides Sécio, Presidente da CMC, o seu discurso inaugural da nova Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim-de-Infância do Cadaval. A cerimónia foi presidida pelo Presidente da República, Prof. Doutor Aníbal Cavaco Silva, que reconheceu na nova infra-estrutura escolar um «excelente equipamento».

O dia 15 de Maio constituirá, sem dúvida, uma data a reter na memória dos muitos cadavalenses que quiseram presenciar o acto inaugural de um equipamento escolar há muito ansiado por toda a comunidade local. O mesmo se aplica aos populares que não quiseram perder a oportunidade de assistir àquela que constitui a segunda vinda de um Presidente da República ao Cadaval, oito anos depois de Jorge Sampaio, então Chefe de Estado, ter inaugurado o actual edifício dos Paços do Concelho.

Consumada a inauguração oficial, Cavaco Silva felicitou a autarquia pelo «excelente equipamento, onde professores, alunos e pais se sentirão mais motivados para trabalhar em prol de uma educação de qualidade».

De acordo com o Chefe de Estado, tem de haver uma aposta muito forte não só «na qualidade e na excelência», mas também «na exigência e na disciplina» porque, tal como explicou, «a disciplina é uma condição de sucesso; é uma condição para vencer o abandono escolar dos jovens.» 
 
Sublinhou também, na ocasião, que «todos aqueles que aqui estão não podem deixar de sentir um orgulho imenso por, a partir de hoje, disporem de um equipamento escolar, aqui no Cadaval, que é estrutural, tão certo ser-lhe-á dado um bom uso para benefício do município, da região e de cada um dos jovens deste Concelho».
 
O Presidente da República, também professor universitário, lembrou os presentes da importância da educação como factor de inclusão social e de igualdade de oportunidades, defendendo que «é uma responsabilidade de todos nós, não apenas de professores, mas de pais, autarcas, organizações da sociedade civil e população em geral, fazermos, juntos, todos os possíveis para que o país recupere os atrasos que acumulou em matéria de educação das nossas crianças e dos nossos jovens.» Nesta óptica, Cavaco Silva reconheceu que «esta escola tem a expressão do esforço que tem vindo a ser feito (...) para que nos aproximemos dos outros países da Europa, em termos da qualificação dos recursos humanos nacionais.»

Aristides Sécio, por seu turno, referiu que «esta escola é, pois, quer pela sua dimensão, quer pela qualidade das suas instalações e pelo significativo número de alunos a que vai responder, a evidência da nossa preocupação nesta área da vida social do nosso concelho». O autarca referiu que o novo equipamento permitirá aos jovens saírem mais bem preparados, «para assim contribuírem para um Portugal mais competitivo», «onde a inclusão social seja uma constante».

O Presidente de Câmara frisou o facto da nova escola estar dotada com equipamento moderno, entendendo que a integração, Jardim-de-Infância com Ensino Básico, «permitirá que a transição dos alunos possa efectuar-se de forma perfeitamente harmoniosa, sem os impactes negativos que uma mudança de instalações e de nível de ensino provoca normalmente nestas idades tão sensíveis.»

Entre as presenças a destacar da cerimónia inaugural do novo equipamento escolar refira-se, para além do Presidente da República, a Primeira-Dama portuguesa, Maria Cavaco Silva, a Governadora Civil do Distrito de Lisboa, Dalila Araújo, o Deputado da Assembleia da República, Duarte Pacheco, o Director Regional da Educação de Lisboa e Vale do Tejo, José Joaquim Leitão, o Presidente da Associação de Municípios do Oeste, Carlos Lourenço, e ainda os Presidentes de Câmara de Alcobaça, Bombarral e Lourinhã, para além de Vereadores da Câmara Municipal, Presidentes de Junta concelhios, Presidente e Deputados da Assembleia Municipal, representantes dos Conselhos Executivos do Agrupamento de Escolas e da Escola Secundária de Montejunto e das demais instituições do Concelho, entre outras individualidades regionais.

A inauguração da escola deu-se duas horas depois de uma visita do Presidente da República às instalações da COOPVAL – Cooperativa de Fruticultores do Cadaval, onde Cavaco Silva almoçou com os representantes dos corpos sociais da referida estação fruteira, refeição que reuniu, também, funcionários da Cooperativa, representantes dos Órgãos do Município e Comunicação Social.

Pelas 15 horas, deu-se início ao acto inaugural do novo edifício escolar, com a interpretação do Hino Nacional pela Banda Filarmónica “1.º de Dezembro” de Pragança. Cavaco Silva foi, em seguida, brindado com uma canção interpretada por alunos do 1.º Ciclo do Cadaval.

Descerrada a placa alusiva e assinado o livro de honra, seguiu-se uma visita às instalações do novo equipamento. Pelo meio, a oferta de lembranças ao Presidente da República, por alunos do Pré-Escolar, seguida de mais uma actuação musical, desta feita por alunos da E.B. 2,3 de Cadaval.

A cerimónia culminou com uma sessão solene, onde discursaram o Presidente da CMC e o Presidente da República. Ainda antes de deixar o estabelecimento, Cavaco Silva recebeu simbólicas ofertas da parte da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesia.

Dados relativos à nova infra-estrutura escolar

A construção da Escola de 1.º Ciclo do Ensino Básico e Jardim-de-Infância do Cadaval teve um custo total de mais de 1,5 milhões de euros, valor comparticipado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

O novo estabelecimento de ensino tem capacidade para um total de 310 alunos, 250 para o 1.º Ciclo e 60 para o Pré-Escolar, sabendo que a frequência no presente ano lectivo é de cerca de 230 crianças, no conjunto do 1.º Ciclo e Pré-Escolar.
O recém-inaugurado equipamento educativo é composto por dez salas de aula de 1.º Ciclo, três salas de Jardim-de-Infância, um centro de recursos, três salas para pessoal docente, uma sala polivalente, um refeitório, uma cozinha, uma arrecadação, quatro baterias de casas-de-banho (duas em cada piso) e ainda duas casas-de-banho para pessoas com necessidades especiais (1.º Piso), estando ainda apetrechada com elevadores e rampas de acesso. Para além disso, a infra-estrutura compreende três zonas de recreio, uma delas com equipamentos lúdicos.

Ao nível da valência de SAF - Serviço de Apoio à Família da Câmara Municipal do Cadaval, a escola contará com refeições, serviço de entradas, complemento de horário para Pré-Escolar e 1.º Ciclo e actividades de enriquecimento escolar, estando as inscrições para o referido SAF, abertas até dia 31 do presente mês, no Serviço de Educação da autarquia, podendo também ser feitas através do site municipal.

Aceda a foto-reportagem da Visita Oficial do Presidente da República ao Cadaval

Consulte discurso inaugural do Presidente da Câmara Municipal do Cadaval

Aceda a video-reportagem da OESTE TV

Aceder a notícia anterior

Fonte: GIRP/CMC



  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2020 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.