No intuito de assinalar a importância da atividade física para a saúde

Dia do Coração reuniu 60 caminheiros e teve apresentação de livro alusivo

03-10-2019
Dia do Coração reuniu 60 caminheiros e teve apresentação de livro alusivo
[+] Fotos
Teve lugar, no passado dia 29 de setembro, no Cadaval, a comemoração do Dia Mundial do Coração, cujo foco incidiu numa caminhada que juntou 60 participantes. Contou ainda com rastreios de saúde, biblioteca temática e apresentação do livro “Corre, Corre Coração – Uma história de superação pessoal”, da conterrânea Dulce Várzea.

As atividades comemorativas do Dia Mundial do Coração, promovidas pelo Município em articulação com a Fundação Portuguesa de Cardiologia, decorreram, como previsto, em duas fases distintas.

 

Da parte da manhã, a Praça da República (Cadaval) acolheu um rol de rastreios de saúde e uma biblioteca temática. A manhã de atividades teve a gentil colaboração da Cruz Vermelha – Delegação do Cadaval, Centro de Saúde do Cadaval, Farmácia da Misericórdia (Cadaval) e Conquista Ginásio (Cadaval), sendo que a este último coube realizar o aquecimento da caminhada.

 

A caminhada propriamente dita, que seguiu um percurso circular, incidindo sobretudo na vila do Cadaval, teve uma distância aproximada de 7km, dificuldade “fácil” e duração a rondar as duas horas.

 

De referir que o Município distribuiu, para o abastecimento líquido, uma garrafa reutilizável por cada participante da caminhada, numa medida ambiental que tomou o slogan "Sustentabilidade é o novo compromisso".

 

Dulce Várzea apresentou livro “Corre, Corre Coração”

 

No passado dia 29 de Setembro, incluída na programação das comemorações do Dia Mundial do Coração, a conterrânea Dulce Várzea esteve na Biblioteca Municipal do Cadaval numa conversa em torno do seu livro, “Corre, corre coração”, cujo prefácio esteve a cargo do Dr. Fernando Pádua (reconhecido professor e médico cardiologista). Nele, a autora aborda desde a sua iniciação na corrida até chegar a correr numa maratona.

 

«Tratou-se de uma tarde de reencontros com antigos colegas e familiares, pessoas com as quais Dulce conviveu enquanto estudante no Cadaval», adianta Tânia Camilo, técnica da Biblioteca Municipal.

 

Laborando hoje na indústria farmacêutica, enquanto diretora técnica de uma farmácia em Lisboa, Dulce dedica-se a uma série de outras atividades paralelas.

 

«O que mais prazer lhe dá é conseguir contribuir para mudar os hábitos sedentários das pessoas com quem se cruza, introduzindo-as nas caminhadas e na corrida. Quem a conhece reconhece-a como uma pessoa cheia de energia e motivação, cujos objetivos são atingidos com toda a dedicação», acrescenta Tânia Camilo.

 

«Ficou a promessa de regressar à terra onde cresceu e ajudar a reunir um grupo disposto a iniciar este hábito saudável de exercício», conclui.

 

[Aceder a fotorreportagem]

Fonte: SCRP | CMC



  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2019 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.