Uma organização orgulhosa do caminho já trilhado

Aristides Sécio: «Temos de acrescentar valor ao produto dos nossos associados» (c/vídeo)

13-09-2019
Aristides Sécio: «Temos de acrescentar valor ao produto dos nossos associados» (c/vídeo)
No âmbito da rubrica Parar Pra Conversar, a Revista Municipal esteve, recentemente, à conversa com Aristides Sécio, presidente da Coopval – Cooperativa Agrícola dos Fruticultores do Cadaval, a propósito dos seus 50 anos de fundação. O dirigente da fruteira deu-nos a conhecer as mais recentes medidas de modernização implementadas e recordou o que foi o trajeto da cooperativa até aos dias hoje.

O presidente da Coopval destaca «a visão e o trabalho» que tiveram os fundadores da instituição e todos os sócios que se seguiram.

 

O pós-25 de Abril trouxe momentos «muitos difíceis» à organização, dado que todos os apoios previstos por parte do Estado falharam, na ocasião.

 

«Valeram as pessoas que na época estavam, fundadores e outros associados, que usaram o seu prestígio pessoal e assumiram, com o seu próprio património, a garantia do pagamento aos bancos. Esse período passou e começou a haver um crescimento», conta o líder da fruteira.

 

O crescimento e evolução têm sido constantes, com diversos investimentos de vulto realizados, sendo que, mais recentemente, a central foi alvo de uma intervenção profunda. «Aquilo que fizemos agora foi adquirir o equipamento mais moderno que existe no mundo, em termos tecnológicos, para que se faça, com o menor custo possível, todo este trabalho, mas com qualidade, e que responda aos pedidos dos clientes», explica Aristides Sécio.

 

Para além do mercado nacional, 85 por cento da produção recebida na fruteira (designadamente pera rocha) segue para o mercado de exportação, nomeadamente Brasil, Canadá, Inglaterra, Alemanha, Marrocos, Polónia, França, Bélgica e Irlanda, entre outros pontos do mundo menos significativos.

 

«Temos de acrescentar valor ao produto dos nossos associados», considera o responsável, «para que a cooperativa não constitua um ónus para o produtor mas sim uma mais-valia».

 

Leia a entrevista completa na Revista Municipal nº 67, acessível aqui, e veja também a videoentrevista municipal, disponível abaixo (canal Youtube da CMC).

 

Fonte: SCRP | CMC



  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2019 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.