Entendendo a prevenção como responsabilidade coletiva da comunidade

CPCJ do Cadaval vai assinalar mês da prevenção de maus tratos a crianças e jovens

29-03-2017
CPCJ do Cadaval vai assinalar mês da prevenção de maus tratos a crianças e jovens
Para assinalar o Mês Internacional da Prevenção dos Maus Tratos na Infância e Juventude, a Comissão de Proteção a Crianças e Jovens do Cadaval realiza, ao longo do mês de Abril, uma ação de alerta e sensibilização para a prevenção dos maus tratos a crianças e jovens. A inauguração da atividade acontece segunda-feira, dia 3, pelas 15h30, na Praça da República (Cadaval).

A Comissão de Proteção a Crianças e Jovens do Cadaval (CPCJC) alia-se, desta forma, a este movimento internacional, que constitui um alerta para a violência ainda exercida sobre crianças e jovens, cuja prevenção é entendida como um dever de todos os cidadãos.

 

Assim, ao longo do mês de Abril, os Direitos das Crianças poderão, simbolicamente, ser encontrados no chão do Cadaval, inscritos em bolas autocolantes, assim como nas restantes localidades do concelho, noutros formatos.

 

A inauguração desta iniciativa irá acontecer na Praça da República (Cadaval), pelas 15h30, no dia 3 de abril (segunda-feira).

 

 

O Laço Azul: símbolo da prevenção dos maus tratos

 

Segundo informa a CPCJC, a Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia (E.U.A.), quando uma avó, Bonnie W. Finney, atou uma fita azul à antena do seu carro, simbolizando os maus tratos infligidos sobre a sua neta (que tinham já levado à morte também o neto), por parte da respetiva mãe e namorado.

 

O azul, que simbolizava a cor das lesões, serviria como lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus tratos.

 

Segundo a CPCJC, a campanha expandiu-se e, atualmente, muitos são os países a usar as fitas azuis durante o mês de Abril, em memória daqueles que morreram como resultado de abuso infantil. Serve ainda como forma de «apoiar as famílias e fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil e a negligência», adianta a mesma fonte.

 

As fitas azuis correspondem a uma iniciativa de sensibilização que nos vem lembrar «da responsabilidade coletiva e comunitária para a prevenção dos maus tratos», acrescenta a Comissão.
Fonte: S.Com. | CMC

  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2017 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.