Numa iniciativa da Associação EPIS

Mais de 130 bolsas sociais com candidaturas abertas para as escolas e alunos do País

04-08-2021
Mais de 130 bolsas sociais com candidaturas abertas para as escolas e alunos do País
Encontram-se abertas a nível nacional, de 27 de julho a 20 de setembro, candidaturas para as Bolsas Sociais EPIS 2021, uma iniciativa da Associação EPIS – Empresas Pela Inclusão Social. A mesma contempla a atribuição de mais de 130 bolsas sociais, num investimento acima dos 250 mil euros, abrindo para todas as escolas e alunos de Portugal.


Em 2021, o programa de bolsas sociais em questão está organizado em seis áreas e 13 categorias distintas, a saber: 1 – Boas práticas organizativas de promoção da inclusão social de crianças e jovens; 2 – Apoio à orientação, formação e inserção profissional de jovens com necessidades especiais; 3 – Boas práticas organizativas de promoção da sustentabilidade e cidadania ativa; 4 – Mérito académico no final do 9.º ano de escolaridade; 5 – Mérito académico no final do 12.º ano de escolaridade; 6 – Mérito académico no final do ensino superior.

 

Informa a organização que, à semelhança da edição de 2020, as candidaturas às 13 categorias de bolsas a atribuir podem ter em consideração as implicações da crise da pandemia na vida dos alunos e das organizações candidatas.

 

Em 2021, o programa de Bolsas Sociais EPIS atinge um investimento global de 256,5 mil euros (face a 147,7 mil euros em 2020), representando um crescimento de 74 por cento. Esta 11.ª edição passou a contemplar também as seguintes áreas: Boas práticas de educação digital e mérito académico de jovens no ensino superior. Também o número de bolsas a atribuir cresceu comparativamente com o ano passado, num crescimento de 57 por cento. 

 

O programa conta, em 2021, com 35 investidores sociais (mais 40 por cento face a 2020), a saber: Programa VINCI para a cidadania e ANA – Aeroportos de Portugal | VINCI Airports / VINCI Energies, Águas do Tejo, Ascenza, Atrium, Avipronto, Banco Santander, Bayer, Bial, Boehringer Ingelheim, Caima, Cires, Cofaco Açores, Deloitte, Fertagus, Fresenius Kabi, Fundação AGEAS – Agir com coração, Fundação Amélia de Mello, Fundação Galp, Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Fundação Monjardino, Grupo Jerónimo Martins, GrupoPestana, Omnova, Servier, Siemens, SPI – Sociedade Portuguesa de Inovação, Sogrape, Soroptimist International Clube Lisboa Caravela, Tabaqueira, Vhumana e Zurich e um doador individual, Nuno Loureiro.


Antes de iniciar a submissão da sua candidatura, leia atentamente o regulamento das Bolsas Sociais EPIS 2021, disponível no site www.epis.pt. 

 

O prazo limite para a submissão de candidaturas é 20 de setembro de 2021. Os esclarecimentos adicionais deverão ser efetuados para o email: geral@epis.pt.



O que é a Associação EPIS?

 

A Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social foi criada em 2006 por empresários e gestores portugueses, na sequência de uma convocatória à sociedade civil feita pelo então Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, no seu primeiro discurso do 25 de abril, proferido na Assembleia da República. A causa da EPIS é apoiada, desde 2016, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, Associado de Honra da Associação.

 

A EPIS escolheu a Educação como forma de concretização da sua missão principal de promoção da inclusão social em Portugal. Com este foco, tem desenvolvido os seus projetos de intervenção cívica na área do combate ao insucesso e ao abandono escolares, com particular atenção para a potenciação e capacitação de jovens em risco que frequentam os 1.º, 2.º e 3.º ciclos de escolaridade e ensino secundário, e para a disseminação de boas práticas de gestão nas escolas.

 

Consciente da sua missão fundacional – a inclusão social – a Associação EPIS tem dado, desde 2011, um sinal adicional de estímulo e de apoio para a promoção da inclusão social de jovens em risco de insucesso ou de abandono. Com esse objetivo, a EPIS lançou um programa de bolsas sociais para premiar boas práticas de inclusão social e o mérito académico de jovens.

 

De salientar que o programa de Bolsas Sociais EPIS tem uma cobertura nacional, aplicando-se a todas as escolas e alunos de Portugal.

 

Fonte: SCRP | CMC



  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2021 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.