Autointitulada como a maior campanha para reverter as alterações climáticas

Município volta a associar-se à iniciativa mundial “Hora do Planeta”

06-03-2018
Município volta a associar-se à iniciativa mundial “Hora do Planeta”
O Município do Cadaval volta a associar-se, formalmente, à iniciativa internacional “Hora do Planeta”, indo desligar simbolicamente, no dia 24 de março, pelas 20h30, as luzes de vários edifícios municipais, entre outros compromissos como o já anunciado arranque, em 2018, da erradicação das lâmpadas de mercúrio da iluminação pública, substituindo-as por lâmpadas LED.


A Hora do Planeta é mais do que um apagar das luzes. É um compromisso para unir e proteger o Planeta, a nossa única casa» - é este o slogan da campanha 2018 da simbólica iniciativa ambientalista, promovida numa parceria da Associação Natureza Portugal com o WWF – World Wide Fund for Nature ("Fundo Mundial para a Natureza").

 

No caso específico do Cadaval, entre outros elementos assumidos na designada “Declaração sobre o envolvimento do Município do Cadaval na Hora do Planeta 2018 (WWF)”, o Município desligará as luzes dos Paços do Concelho, Biblioteca Municipal e Moinho das Castanholas (Núcleo Museológico) durante a Hora do Planeta, entre as 20h30 e as 21h30 do dia 24 de março corrente.

 

Procurando “ir mais além da Hora”, a Câmara do Cadaval compromete-se, em 2018, erradicar 393 lâmpadas de mercúrio da iluminação pública, substituindo-as por lâmpadas LED. Trata-se de uma medida já anteriormente noticiada, a qual, em 2019, levará à substituição das restantes 347 luminárias de mercúrio.

 

Um total de 180 países aderiram em 2017

 

Em 2017, a “Hora do Planeta”, segundo informa a Associação Natureza Portugal, chegou a 180 países e territórios, e a mais de nove mil cidades e vilas. «Em Portugal, 145 municípios aderiram e centenas de monumentos emblemáticos nacionais ficaram às escuras, como a Ponte 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerónimos e o Cristo Rei», entre diversos outros por todo o país.

 

«Reconhecida como a maior campanha para reverter as alterações climáticas, a Hora do Planeta tem crescido: começou por ser um evento simbólico numa única cidade (Sydney, 2007) para ser hoje o maior movimento do mundo em defesa do ambiente», refere a associação.

 

«Ao longo de 11 anos de existência, o WWF e as equipas da Hora do Planeta em todo o mundo têm aproveitado o poder deste movimento para apoiar as energias renováveis, a proteção da vida selvagem e seus habitats, e a construção de modos de vida sustentáveis, apelando a uma nova legislação e políticas mais favoráveis ao nível do clima», afirma a entidade.

 

A Hora do Planeta 2018 será celebrada no sábado, dia 24 de março, entre as 20h30 e as 21h30 (hora local). Vá a www.earthhour.org e conheça a iniciativa em todo o mundo, ou saiba mais sobre a Hora do Planeta em Portugal em www.natureza-portugal.org .

 

Vídeo oficial HP 2018 legendado em pt: https://vimeo.com/256611543

 

Fonte: SCRP | CMC



  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2018 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.