A escritora divide atenções entre prosa e poesia

Conterrânea Helena Silva vai lançar romance “Trilhos Incertos”, na Biblioteca Municipal

24-11-2021
Conterrânea Helena Silva vai lançar romance “Trilhos Incertos”, na Biblioteca Municipal
Helena Soares Silva (imagem de arquivo, 2019)
A conterrânea Helena Soares Silva regressa à Biblioteca Municipal já no próximo sábado, dia 27, pelas 15h00, para o lançamento oficial do seu mais recente romance, intitulado “Trilhos Incertos”. Nascida em Timor-Leste e residente na freguesia do Peral (Cadaval), a autora tem esses locais como fonte de inspiração para a sua escrita. Participe, assista!

Dois anos depois, Helena Silva regressa à Biblioteca Municipal para lançar mais um trabalho literário da sua autoria.

 

Dividindo-se entre a escrita de poesia e de prosa, Helena proporciona-nos, desta feita, «um requintado romance de aventura» em que «o acaso e alguns insólitos acontecimentos mudam inesperadamente a rota de uma viagem», pode ler-se na sinopse do livro, que promete captar a atenção do leitor.

 

Nota biográfica de Helena Silva

 

Apesar de ter nascido em Timor-Leste, em 1962, as raízes de Helena Silva (da parte da mãe) são do Peral, concelho do Cadaval.

 

«Fiz a minha primeira classe na escola primária do Peral e sempre passei as minhas férias (ou parte delas) entre o Peral e os Casais do Peral», conta, adiantando que é nessas aldeias que lhe surge o amor pela escrita.

 

«A serenidade, a paisagem e as gentes são uma fonte de inspiração. Tal como sinto uma ligação muito forte a Timor-Leste, o concelho do Cadaval está-me no sangue», sublinha a escritora.

 

Foi atleta durante toda a sua juventude, tendo sofrido várias lesões que a viriam a condicionar. Dedicou-se à escrita desde muito cedo, mas só depois de se reformar da função pública viria a retomar esta sua forma de arte.

 

Depois de ter abraçado a poesia como uma paixão, participou em alguns concursos nos E.U.A., obtendo três distinções "Editor's Choice 2007", cujos textos seriam publicados na coletânea "Immortal Verses".

 

Em 2011, publicou o seu primeiro livro de poesia, intitulado "Do Outro Lado". Em 2012, segue-se "Véus/Veils" (em português e inglês), com poesia dedicada à Luta pelos Direitos da Mulher. Em 2013, publicou um e-book intitulado "O Voo de Íris" e a sua primeira novela, "Tobias e as Águas Claras".

 

Em 2019, publica outro e-book, "Os Crocodilos Têm Memória", conto dedicado à sua terra natal, Timor-Leste, bem como o livro de poesia "Noites Brancas".
Fonte: SCRP | CMC



  • Siga-nos

Topo / Top
  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
© 2006 - 2021 Município do Cadaval - Todos os Direitos Reservados.